Ampliar o acesso às formações da Escola Técnica do Sistema Único de Saúde (ETSUS) Dr. Manuel Ayres, é um dos objetivos da Secretaria de Estado de Saúde Pública (Sespa). Neste sentido, uma parceria foi estabelecida com a Secretaria de Estado de Educação (Seduc) para que o Ambiente Virtual de Aprendizagem (AvaCefor) seja mais uma ferramenta que possibilite a capacitação dos profissionais da saúde.

A cooperação entre as instituições foi colocada em prática, devido à pandemia da Covid-19, que obrigou a direção da unidade a suspender por quase um ano, todas as formações que antes eram realizadas de maneira presencial. Desde então, diversos cursos já foram ministrados pela plataforma digital da Seduc e o próximo será: “Salas de Vacinas e Redes de Frio”. Vale destacar que as formações buscam atender às necessidades das instituições que fazem parte do SUS, no Pará.

O governador Helder Barbalho ressaltou que conhecimento nunca é demais, e que todos devem estar abertos a novas aprendizagens. “O conhecimento é um dos patrimônios que a gente não perde e que nos permite abrir janelas, horizontes, a partir daquilo que sabemos e acessamos. Quem ganha com isso lá na ponta, são os cidadãos, que dependem de nós, das nossas iniciativas, seja num simples ato, mas que em momentos de dificuldades a vida destes nos é entregue. Portanto, com esse sentimento de valorização dos nossos servidores e do conhecimento, vamos melhorar cada vez mais a prestação dos serviços à população paraense”, enfatizou Helder Barbalho.

Para o secretário de Estado de Saúde Pública, Rômulo Rodovalho, o espaço de aprendizagem reflete o compromisso com a saúde pública e a capacitação dos servidores e profissionais de saúde. “Estamos muito felizes com a chegada deste momento, pois o ETSUS é uma instituição formadora e a sua relevância para a educação e saúde consiste no fortalecimento das políticas públicas, com estratégias de efetivação de práticas, que reafirmam e expressam a potência do SUS”, afirmou.

Segundo a diretora da ETSUS Dr. Manuel Ayres, Elizeth do Socorro Braga, apesar do local ter a finalidade única de qualificar os profissionais da saúde, foram necessárias algumas remodelações no espaço de aprendizagem, devido ao novo coronavírus. “De agosto até o momento, já qualificamos 475 profissionais de saúde e, desde o início da nossa gestão, enfrentamos muitos desafios pelo caminho, como a pandemia da Covid-19. Apesar dos percalços, conseguimos evidenciar e ampliar nossas ações, através da Educação à Distância (EaD), em diversos municípios paraenses”, frisou a dirigente.

Parceria – A secretária de Estado de Educação, Elieth de Fátima Braga, disse que a cooperação vai possibilitar um maior alcance, de maneira não-presencial às atividades da ETSUS. “Este local prioriza a atenção básica, trabalha na formação dos profissionais da saúde que compõem o SUS e, por meio da plataforma digital AvaCefor, será possível chegar em todos os municípios através da educação à distância. Portanto, mais uma vez é a educação construindo, trabalhando e motivando a transformação das pessoas”, ressaltou a titular da Seduc.

“O Cefor está sempre à disposição de qualquer secretaria ou instituição do Estado, graças à Seduc, que nos dá plena convicção e direito para galgar novos horizontes e fomentar novas formações por todo o Pará. Hoje, temos uma parceria muito sólida com a ETSUS, a qual vai utilizar a nossa plataforma AvaCefor, totalmente paraense, que fala a nossa língua, tem a nossa cara e que hoje ele está rompendo fronteiras, mas sem perder a sua essência: a educação!”, frisou o formador do Cefor, Dionísio Sá.

Referência – A ETSUS Dr. Manuel Ayres é uma instituição vinculada à Sespa, que atua para qualificar profissionais da saúde em nível médio, além dos que estão na pós-graduação. O espaço de aprendizagem retornou com suas atividades presenciais em agosto deste ano, em suas novas instalações, localizadas na Tv. Mariz e Barros, nº 2342, bairro do Marco, em Belém. O local atende trabalhadores nas três esferas do SUS (municipal, estadual e federal), em consonância com os princípios e diretrizes da Política Nacional de Educação Permanente em Saúde.

Fonte: Agência Pará
Foto: Vinícius Leal/Ascom/Seduc