A Polícia Militar, do destacamento do distrito Palmares, prendeu na noite de ontem (18) Mônica Gonçalves de Sousa, de 31 anos, acusada de matar a amiga a golpe de foice. A ferramenta é utilizada para corte de dendê na região.

 

Mônica foi presa momentos depois de matar Ariadne da Silva Nascimento, de 36 anos. Ela alega que foi agredida pelo marido da vítima e, ao tentar acertá-lo com a foice, Ariadne entrou na frente e acabou sendo atingida fatalmente.

Os três teriam ingerido bebida alcoólica antes da confusão. A briga teria começado após o companheiro de Ariadne acusar Mônica de roubar a quantia de R$ 600 em droga, o que foi negado pela acusada de cometer o homicídio.

Em seguida, o homem, que não teve o nome revelado pelos policiais, teria desferido um golpe com uma garrafa no rosto de Mônica, que reagiu, mas acabou atingindo a própria amiga com a foice.

Após o crime, a acusada foi encaminhada a Delegacia de Tailândia, onde permanecerá à disposição da Justiça.

Fonte: Portal Tailândia
Foto: Cleyton Rogério