O primeiro-ministro de Israel, Benjamin Netanyahu, falou por telefone com o presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, informa o governo israelense em comunicado divulgado neste sábado. A nota diz que Netanyahu afirmou que Israel continuará a adotar ações para atacar as capacidades militares “do Hamas e de outras organizações terroristas que operam na Faixa de Gaza”.

O premiê israelense ainda agradeceu Biden “pelo apoio americano ao direito à autodefesa de Israel”, diz o comunicado, que não informa o momento exato da conversa entre os líderes.

Segundo a Associated Press, ataques de Israel em Gaza mataram ao menos dez pessoas em um campo de refugiados, a maioria crianças. As forças israelenses foram ainda criticadas pelo governo americano ao atacarem um prédio com escritórios na Cidade de Gaza de veículos de comunicação internacional, como a própria AP e a Al Jazeera.

 

Fonte: O Liberal
Foto: Amir Cohen/Reuters